2 Fev, 2021

Novo site permite marcação de testes rápidos à covid-19 em todo o país

Foi lançada a plataforma www.covidtesterapido.pt com o intuito de permitir um agendamento nacional dos testes rápidos à covid-19.

Acaba de ser lançado um site que permite agendar a realização de testes rápidos à covid-19 em 62 locais de Portugal, existindo ainda a possibilidade de execução dos mesmos através de idas ao domicílio e em empresas. A plataforma www.covidtesterapido.pt agrega os postos disponíveis em cada distrito, e nos quais é possível fazer o teste rápido de antigénio, efetuado através de uma zaragatoa, aprovado pelo INFARMED, e que apresenta alta fiabilidade com desempenhos acima de 93%.

O teste antigénio é nasofaríngeo (com recurso a zaragatoa) e serve para controlo regular e confirmação de casos suspeitos. O mesmo realiza-se em cerca de 2-3 minutos e os resultados são apresentados em 15 minutos. Após a realização do mesmo, é enviado um relatório médico a todos os casos positivos.

“Em função da minha atividade enquanto treinador de rugby, tive a oportunidade de tomar conhecimento e contacto com este tipo de testes desde cedo. Em conversa com a minha mulher, que é médica e fundadora deste projeto, sempre falamos no papel importante que os testes rápidos de antigénio poderiam ter, sendo uma forma muito eficaz de ajudar ao controlo de pandemia. O problema assentava em dois pontos: a falta de informação sobre estes testes e a falta de acesso. Com este site pretendemos informar mais as pessoas e liberalizar o acesso aos testes”, afirma o autor da iniciativa, João Monteiro.

Desta forma, através de um portal na internet e da ligação em rede com uma série de entidades devidamente certificadas para o efeito, “disponibilizamos não só informação sobre o teste, os locais onde os mesmos podem ser realizados, permitindo ainda que as pessoas que o queiram fazer possam fazer a marcação do teste à covid-19, seja em postos existentes próximos da sua área de residência ou mesmo ao domicílio, sendo que o mesmo se aplica também às empresas que o pretendam fazer junto dos seus colaboradores”, explica.

Atualmente a desempenhar a atividade de Production Delivery Manager na Farfetch, João Monteiro, 30 anos, considera que “era imperioso aplicar a tecnologia ao serviço deste momento tão desafiante que estamos a viver”. Anteriormente, este jovem empreendedor exerceu funções de marketing na empresa familiar de fabrico de chocolates Arcádia, lançou uma startup na área do turismo, foi professor executivo na Anje e no IPAM e foi um dos fundadores da Bastarda, uma agência de marketing e comunicação de renome no Porto.

Segundo os autores, o objetivo da criação desta projeto passa por sistematizar informação de modo a facilitar e a democratizar o acesso à marcação dos mesmos.

 

Notícias relacionadas:

ler mais

RECENTES

ler mais