22 Mai, 2020

Hospitais do Médio Tejo anunciam nova fase e retoma da normalidade dos serviços

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) anunciou o "início de uma nova fase" de resposta à covid-19, com os serviços transferidos a regressarem aos locais de origem e com a reposição do horário completo nas Urgências Básicas.

Em comunicado, o CHMT, composto pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas, no distrito de Santarém, dá conta que, “no âmbito da nova fase da atual pandemia pelo SARS-CoV2, os Serviços de Urgência Básicas do Centro Hospitalar do Médio Tejo retomarão o seu horário normal de funcionamento, no próximo dia 25 de maio, segunda-feira, a partir das 08:00.

Na mesma nota informativa, o CHMT refere ainda que o fecho noturno dos dois Serviços de Urgência Básica, em Tomar e Torres Novas, “não comprometeu o atendimento à população, tendo sido assegurada a contínua resposta assistencial a todos os doentes com situações clínicas mais frágeis, sem pôr em causa a concentração de esforços no combate ao Covid-19″.

Regista ainda a administração do CHMT que, neste período de encerramento noturno do Serviço de Urgência Básica, “o número de atendimentos nas diferentes valências do Serviço de Urgência do CHMT, EPE, foi de 17.025, menos 14.541 que no período homologo de 2019, o que representa uma redução de cerca de 46% de atendimentos no Serviço de Urgência”.

Assim, sublinha, “com o retomar do horário completo dos Serviços de Urgência Básicas reforça-se o processo de retoma da atividade assistencial progressivamente no CHMT”, depois das alterações que foram implementadas ao abrigo do Plano de Contingência ao Covid-19 e em que o hospital de Abrantes constituiu-se como a unidade referência do CHMT para assistência a pessoas infetadas.

SO/LUSA

 

[box] Notícias Relacionadas:

Centro Hospitalar Cova da Beira retoma atividade com horário alargado nas consultas

Esta retoma é feita de forma “gradual”, com critérios de segurança e horário alargado para as consultas, depois das alterações implementadas devido à covid-19.

Doentes oncológicos nos Açores sem data para retomarem consultas e cirurgias

O responsável da Autoridade de Saúde Regional admite que há doentes oncológicos à espera devido à pandemia da covid-19.

[/box]
ler mais

RECENTES

ler mais