3 Mar, 2021

Hospitais com consultas à noite e cirurgias ao fim de semana para recuperar atrasos

Vários hospitais, sobretudo a Norte, tentam já recuperar a atividade assistencial que foi adiada devido ao agravamento da pandemia.

O desagravamento da pandemia está permitir retomar alguma normalidade, com os hospitais a alocarem agora cada vez mais recursos humanos à atividade não-covid, que foi prejudicada nas últimas semanas. Assim, muitos hospitais optaram por realizar operações aos fins de semana e outros por agendar consultas depois da 20h, de modo a recuperar a atividade assistencial.

O Hospital de São João realiza, neste momento, cirurgias ao sábado e até ao domingo e feriados, avança o JN. Já o Hospital de Braga realiza consultas e cirurgias durante a semana depois das 20 horas. Os hospitais da região Norte são os que estão a assegurar uma recuperação mais rápida e mais intensa da atividade não-covid. Apesar de ter afetado todo o país, a terceira vaga da pandemia assolou de forma particularmente severa a região de Lisboa e Vale do Tejo, com os hospitais do Norte a sentirem menos pressão do que os do Sul.

Ainda assim, um pouco por todo o país, os hospitais anunciam a conversão as enfermarias – que estavam repletas de doentes covid há um mês – para as suas funções originais. No Hospital Amadora-Sintra, um dos mais afetados pela terceira vaga, três das dez enfermarias alocadas a doentes covid-19 já foram reconvertidas. Já no maior hospital do país, o Santa Maria, já se começa a recuperar a atividade assistencial programa e prioritária, estando para breve a resposta aos doentes menos prioritários – os mais afetados pela pandemia.

Já nos hospitais da Universidade de Coimbra, que chegaram a contar com mais de 500 camas para doentes covid (o maior dispositivo covid do país), está a ser retomada a atividade não urgente.

ler mais

RECENTES

ler mais