19 Jul, 2018,

Horários das refeições e do sono podem ter efeitos no risco dos cancros de mama e próstata

Um novo estudo do Internatinal Journal of Cancer conclui que um longo intervalo entre o jantar e o sono pode estar associado a um risco reduzido dos cancros de mama e próstata.

O estudo analisou 621 casos de cancro próstata e 1205 de mama, e no grupo de controle incluiu 872 homens e 1321 mulheres que nunca trabalharam em horário noturno. Os participantes foram entrevistados sobre o horário das refeições e do sono e preencheram o Questionário de Frequência Alimentar (Food Frequency Questionnaire, na designação inglesa).

Como resultados, o estudo conclui que os indivíduos que dormiam 2 ou mais horas após a última refeição tiveram um redução de 20% no risco dos cancros de mama e da próstata combinados e isoladamente, em comparação aos participantes que dormiam logo a seguir ao jantar.

O horário a que é feito a refeição também foi determinante nesta descoberta. Os indivíduos que jantavam antes das 21h verificaram o mesmo tipo de redução de risco anteriormente referido em relação aos que jantavam depois das 22h.

No seu estudo, os investigadores reforçam a importância destas conclusões para futuras investigações que avaliem a importância do horário das refeições, assim como novas recomendações para pacientes com cancro, ou em risco, que não se foquem apenas no tipo de dieta.

“Se as descobertas forem confirmadas, terão implicações para as recomendações de prevenção do cancro que atualmente não levam em conta o momento das refeições”, disse o principal autor do estudo, Dr. Manolis Kogevinas, do ISGlobal, em Barcelona. “O impacto pode ser especialmente importante em culturas como as do sul da Europa, onde as pessoas tendem a jantar tarde”.

Saúde Online

ler mais

RECENTES

ler mais