18 Set, 2019

Há USF que esperam há dois anos pela transição para modelo B

Sindicato Independente dos Médicos (SIM) acusa Ministério de bloquear evolução das USF. Muitos já têm parecer técnico favorável.

O SIM refere que “a duas semanas do início do quarto trimestre de 2019, continua por publicar o despacho que identifica as 20 Unidades de Saúde Familiar (USF) que transitam do modelo A para o modelo B”.

Em comunicado, o sindicato sublinha que “foi já no início de fevereiro que foi publicado o Despacho n.º 1174-B/2019 que determinou o número de USF que podem transitar do modelo A para o modelo B em 2019”. “Ou seja, passaram já mais de sete meses sem que tenha sido ainda publicado o despacho que identifica as 20 USF que transitam para o modelo B”, critica o SIM.

“Várias USF aguardam desde há vários meses, algumas até desde há mais de dois anos, a transição para modelo B, tendo já o respetivo parecer técnico favorável. Só na ARS Norte há pelo menos 10 (dez) USF com parecer técnico favorável a aguardar a publicação do referido despacho para transitarem para modelo B”, refere o comunicado.

O sindicato liderado por Roque da Cunha realça que, somado às “difíceis condições de trabalho, a ausência de publicação daquele despacho contribui ainda mais para a desmotivação dos trabalhadores médicos que tardam em ver reconhecido o seu esforço para a melhoria dos cuidados de saúde no SNS”

“O SIM apela à Senhora Ministra da Saúde para a rápida reposição da normalidade com a imediata publicação do despacho que identifica as 20 Unidades de Saúde Familiar (USF) que transitam do modelo A para o modelo B”, conclui.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais