12 Mar, 2020

Covid-19. Ministra equaciona internar em casa pessoas com doença ligeira

Marta Temido garante que “está pronta” a capacidade de realização em casa de recolha de material biológico para análises à doença Covid-19.

Marta Temido disse na comissão parlamentar de Saúde, onde está a ser ouvida, que está “em estudo a expansão do recurso à hospitalização domiciliária nos casos de doença ligeira conforme recentes recomendações da Organização Mundial de Saúde”.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou o Plano Nacional de Preparação e Resposta à doença por novo coronavírus (Covid-19) que se encontra a ser seguido, agora referente à fase de contenção alargada e está a ser preparada a entrada na fase de mitigação quando se verificar a transmissão comunitária da infeção.

“Neste momento, temos dez hospitais de primeira linha e de segunda linha a receber doentes, temos também mais de 10 entidades além do laboratório do Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge com capacidade de realização de análises e está em curso o reforço da Linha SNS 24 e a Linha de Apoio ao Médico esta semana”, disse a ministra no início da sua intervenção.

A ministra avançou ainda que está em curso o alargamento hospitalização domiciliária aos doentes oncológicos através de um projeto-piloto já em 2020.

SO/LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais