CLEO chega a Portugal para apoiar quem vive com Esclerose Múltipla

Aplicação para smartphone permite monitorizar estado de saúde da pessoa, tem um chat com uma equipa de enfermagem, programas de saúde e bem-estar.

A Biogen, empresa de biotecnologia pioneira nas Neurociências, acaba de lançar em Portugal a CLEO, uma app que presta suporte diário às pessoas com Esclerose Múltipla (EM), bem como aos seus familiares e cuidadores. A CLEO tem como objetivo facilitar o dia a dia dos doentes com EM e melhorar a sua qualidade de vida. A aplicação pode ser instalada de forma gratuita em qualquer dispositivo Android ou iPhone.

Desenvolvida pela BHS – Biogen Healthcare Solutions, o departamento da Biogen responsável pela criação de soluções digitais para doentes e profissionais de saúde, a CLEO apresenta como principal funcionalidade o diário pessoal, uma ferramenta que permite a cada utilizador acompanhar o seu estado de saúde, sintomas, níveis de fadiga, esforço físico, entre outras informações que poderão, posteriormente, ser partilhadas com a equipa de profissionais de saúde que acompanham o doente. Esta funcionalidade permite ainda adicionar lembretes relacionados com a medicação e a marcação de consultas e exames.

 

App tem serviço de chat

 

A par desta funcionalidade, a Biogen decidiu também disponibilizar nesta aplicação um serviço de chat, através do qual uma equipa de enfermeiros poderá responder a todas as questões do utilizador relacionadas com a doença. Além disso, a app CLEO contém ainda um conjunto de informações, artigos e histórias de pessoas com EM, com recomendações úteis para o quotidiano dos doentes, assim como diversos programas de saúde e bem-estar, que incluem mindfullness e futuramente planos de exercício físico e nutrição validados por profissionais de saúde, e que têm como propósito ajudar as pessoas com EM a viver com maior qualidade de vida.

De acordo com Anabela Fernandes, Diretora-Geral da Biogen Portugal, “a ideia surgiu da necessidade de desenvolver uma solução simples e intuitiva que acompanhasse o dia a dia de cada pessoa com Esclerose Múltipla e lhes permitisse uma melhor gestão da sua doença, quer através da partilha de informação credível, quer a partir de um maior suporte”. Em relação a este último ponto, refere, “é reforçado pela possibilidade de cada utilizador partilhar com o seu neurologista, enfermeiro ou farmacêutico dados relativos ao seu estado de saúde, informação importante para a correta adequação do acompanhamento clínico”.

Já disponível em países como os Estados Unidos da América, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha e Itália, a app CLEO chega agora a Portugal com a ambição de impactar 1000 utilizadores até ao final de 2021. A Biogen prevê atualizar a aplicação de forma regular com novos conteúdos e funcionalidades.

A Esclerose Múltipla é uma doença neurológica crónica que afeta o sistema nervoso central. Por ser uma patologia autoimune, esta decorre do ataque do sistema imunitário à mielina (uma camada de gordura responsável por proteger as fibras nervosas, essenciais para a transmissão de impulsos elétricos pelo sistema nervoso), através de um processo inflamatório que pode danificar ou até mesmo destruir esta camada e, consequentemente, dar origem aos sintomas neurológicos causadores de incapacidade progressiva. Esta doença surge frequentemente no jovem adulto, entre os 20 e os 40 anos de idade, afetando com maior incidência as mulheres e manifesta-se de diferentes formas em cada doente. Atualmente estão diagnosticadas cerca de 8 mil pessoas com esta patologia em Portugal, num total de mais de 2 milhões de casos no mundo.

COMUNICADO

ler mais

RECENTES

ler mais