5 Ago, 2019

Avaliação do risco nutricional alargada a todos os doentes internados – 20 a 50% estão em risco

A avaliação do risco nutricional vai ser disponibilizada a todos os doentes internados nos hospitais, através da Plataforma Sistema Clínico Hospitalar (SClínico).

A identificação do risco nutricional teve início em abril com duas experiências-piloto – na Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) e no Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) -, pretendo agora alargar-se o projeto.

Na ULSAM foram já avaliados 461 doentes e no CHULC, só durante os primeiros 15 dias do projeto-piloto, foram avaliados 154. Após esta fase, os doentes que necessitaram (entre 40% e 54%) tiveram acesso a intervenção nutricional e foram monitorizados, no mínimo, de sete em sete dias.

Esta iniciativa confirma as estimativas que apontam para uma prevalência entre 20 a 50% de doentes internados em risco nutricional. Os dados reforçam a importância desta medida do Ministério da Saúde para identificar e intervir o mais precocemente possível, d