2 Mar, 2020

Apneia do sono: tratamento com CPAP melhora qualidade de vida

Os tratamentos respiratórios domiciliários são essenciais para um grupo significativo de doentes com DPOC ou apneia do sono. Em Portugal, a Linde trata em casa mais de 70 mil pessoas, avança João Tiago Pereira.

Existem indicadores sobre o impacto das terapias respiratórias domiciliárias na melhoria da qualidade de vida dos doentes?

Pode ser avaliado de diversas perspectivas, mas, por exemplo, no caso da apneia do sono que pode condicionar alterações de humor e depressão em doentes não tratados, existem vários estudos que se debruçaram na análise da qualidade de vida através de indicadores específicos e por exemplo, um estudo publicado em 2012 no Sleep and Breathing Journal1 com 50 doentes avaliou a qualidade de vida antes e depois de iniciar a terapia CPAP para a apneia do sono, através de um questionário específico – SAQLI – verificaram que, numa escala de 7 pontos, a qualidade de vida aumentou de 3.8 ± 0.9 para 5.8 ± 0.8 (p< 0.01), sendo esta diferença estatisticamente significativa, sugerindo um impacto importante na qualidade de vida destes doentes. Este impacto é mais relevante em doentes mais graves e com maior adesão terapêutica.2 Mas não é só estes doentes que tendem a melhorar. Por exemplo, nos doentes que dormem acompanhados, a qualidade de vida também pode melhorar nos parceiros porque o impacto do ressonar, do sono agitado, entre outros, tende a normalizar com a terapia CPAP.

No caso, por exemplo da oxigenoterapia, os doentes normalmente são muito sintomáticos e o início da terapia domiciliária tem associada uma melhoria na qualidade de vida. Estes doentes tem frequentemente dispneia, que condiciona uma menor mobilidade, muitas vezes confinando-os em suas casas, com menores índices de socialização e frequentemente depressivos. A oxigenoterapia, embora seja uma terapia com muitos anos, está sempre a evoluir e, por exemplo, nos últimos anos tem surgido dispositivos médicos de deambulação e transportáveis que permitem a deslocação ao mesmo tempo que realiza o seu tratamento. Esta inovação derrubou barreiras para estes doentes, sendo muito positivo para eles e para os seus cuidadores.

Quais as vantagens das terapias respiratórias domiciliárias?

As terapias re