Fígado em Análise nos CSP
Interna de Formação Específica em MGF na USF Viriato – AceS Dão Lafões

Fígado em Análise nos CSP

As enzimas hepáticas, nomeadamente as transaminases, constituem algumas das análises mais frequentemente prescritas nos Cuidados de Saúde Primários, quer a nível de análises de “rotina” quer para o estudo dirigido de queixas apresentadas pelo utente. A patologia hepato-biliar é, também, das mais frequentemente diagnosticadas pelos Médicos de Família. No entanto, esta área continua a ser alvo de muitas dúvidas para a abordagem na clínica.

O que são, de facto, enzimas hepáticas? Todas são marcadores de função hepática? Quando devemos valorizar alterações destes valores e como fazer a sua interpretação perante o quadro do doente? Quando referenciar para consulta hospitalar?

A Comissão de Internos de MGF da Zona Centro (CIMGFZC), em parceria com a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), vai promover a sessão «Fígado em análise» no 20.º Encontro Nacional de Médicos Internos e Jovens Médicos de Família. A sessão vai contar com a presença do Dr. Marco Raposo Pereira (interno de Gastroenterologia no Hospital Amato Lusitano – ULS Castelo Branco) e do Dr. Gilberto Pires da Rosa (especialista em Medicina Interna e responsável pela Consulta de Doenças Autoimunes no Hospital Lusíadas Porto). Será moderada por mim (interna de MGF na USF Viriato e membro da CIMGFZC) e pelo Dr. João Pestana (interno de MGF na USF Topázio e igualmente membro da CIMGFZC),

A mesa terá suporte em casos clínicos exemplificativos, sendo sobretudo uma experiência que se pretende prática, aberta à discussão e contributo de todos. Em primeira linha de análise estará a tipologia de situações em que é forçoso solicitar estudo analítico, bem como a interpretação dos resultados e consequentes medidas em termos de referenciação e terapêutica.

Enquanto CIMGFZC, temos tido sempre em linha de conta as necessidades dos nossos internos e esta sessão não é diferente. Foram os internos de MGF da Zona Centro que votaram e escolheram o tema. Foram também auscultados relativamente a dúvidas que tenham em relação a este assunto na sua prática clínica, tendo os palestrantes adequado os casos clínicos e os tópicos examinados para as solucionar. O objetivo final desta mesa, que tem lugar amanhã (30 de setembro), às 18h30, é o de que os internos e jovens médicos de família se sintam cada vez mais confortáveis na abordagem destas alterações.

 

Print Friendly, PDF & Email
ler mais

RECENTES

Print Friendly, PDF & Email
ler mais