Reino Unido. Diagnósticos de cancro da próstata diminuíram 50%

13 Out, 2020

Em Portugal, só no primeiro mês de confinamento terão ficado por diagnosticar mais de 500 casos de cancro da próstata.

Os diagnósticos de casos de cancro da próstata caíram pela metade em Inglaterra (49,5%) em comparação com o mesmo período do ano passado, devido à pandemia de COVID-19, que tornou mais difícil para os homens visitarem seu médico. Os dados são avançados pelo Prostate Cancer UK.

Esta entidade estima que terá havido menos 27.000 pacientes encaminhados do que o esperado. Esta diminuição deverá representar um atraso no diagnóstico de cerca de 3.500 homens com cancro de alto risco.

“O cancro da próstata tornou-se no tipo de cancro mais diagnosticado no Reino Unido, em grande parte graças a uma maior conscientização sobre a doença”, diz Angela Culhane, diretora-executiva da Prostate Cancer UK.

Apesar de se ter registado uma recuperação nos diagnósticos a partir de junho, a quebra acumulada desde março é muito significativa, sendo que a magnitude dessa quebra pode indicar o que se terá acontecido na maioria dos países europeus desde o início da pandemia.

Em Portugal, só no primeiro mês de confinamento terão ficado por diagnosticar mais de 500 casos de cancro da próstata.

TC/SO

ler ma