18 Jul, 2019

Programa “abem” junta 120 voluntários e recupera escola em Moura

Para celebrar mais um aniversário, o programa "abem: Rede Solidária do Medicamento" juntou voluntários numa causa de solidariedade social.

O Programa “abem: Rede Solidária do Medicamento” está a celebrar o seu terceiro aniversário e, para o assinalar, promove uma iniciativa solidária que vai reunir mais de uma centena de voluntários em Moura, no distrito de Beja, no próximo dia 19 de julho. Entre as 10h30 e as 17h00, a Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância do Fojo recebe os esforços destes voluntários para trabalhos de requalificação e conservação.

O encerramento deste que é o “Dia abem:” realiza-se a partir das 18h00 na Estação Náutica Lago Alqueva-Moura. Uma Cerimónia que conta com a presença de Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, de José Marques Robalo, presidente da ARS Alentejo, e de Maria de Belém Roseira, embaixadora da Associação Dignitude, entidade dinamizadora do “Programa abem:”.

Moura é um dos concelhos onde o Programa está presente, em parceria com duas entidades referenciadoras: a Câmara Municipal de Moura e a União de Freguesias de Moura e Santo Amador, prestando apoio a 201 beneficiários – 10% dos quais crianças – que têm assim acesso, sem custos, a toda a medicação prescrita necessária.

Sobre a Associação Dignitude

A Associação Dignitude, data do dia 4 de novembro de 2015, em Coimbra, onde está sedeada. É uma instituição particular de solidariedade social que tem por missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses. O “abem: Rede Solidária do Medicamento” é o primeiro Programa promovido pela Associação Dignitude.

São Associados Promotores a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Associação Portuguesa de Indústria Farmacêutica e a Associação Nacional das Farmácias. Através de protocolos institucionais, juntaram-se ao projeto a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, a União das Misericórdias Portuguesas, a Associação de Farmácias de Portugal e a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Foram Associados Fundadores da Dignitude: António Arnaut, António Ramalho Eanes; Francisco Carvalho Guerra; João Gonçalves da Silveira; João Cordeiro; Maria de Belém Roseira, Odette Santos Ferreira.

 Sobre o Programa abem

O Programa “abem: Rede Solidária do Medicamento” é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude, cujo objetivo é permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O “abem:” está presente em todos os distritos do país e nas regiões autónomas. Assente numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao programa pelas entidades locais, que vão desde juntas de freguesia e câmaras municipais, a IPSS e outras instituições da área social. Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão “abem:”, bastando apresentá-lo numa farmácia “abem:” para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem prescritos. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co-comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de fundraising.

A avaliação de Impacto social do projeto, segundo a metodologia SROI – Social Return on Investment – revela que o programa gerou nos dois primeiros anos um retorno social de 6,9 milhões de euros, mostrando que cada euro investido teve um impacto social valorizado em 7,8 euros.

ler mais

RECENTES

ler mais