19 Mai, 2021

Mamografias diminuem mais de 40% face a 2020

Desde 2014 que não se registavam tão poucas mulheres com mamografia e o papanicolau em dia.

Em fevereiro deste ano apenas 277 mil mulheres tinham mamografias em dia, isto é, realizaram o exame nos últimos dois anos. Este valor representa uma redução de menos 41% face ao mesmo período do ano passado.

A pandemia de covid-19 veio atrasar os rastreios e as cirurgias oncológicas. Apesar da recuperação da atividade face a dezembro do ano passado, a nível de rastreios, desde 2014 que não havia registo de tão poucas mulheres com mamografia e papanicolau em dia.

Quanto ao papanicolau, fundamental na prevenção do cancro do colo do útero, havia registo de 774 mil mulheres com o exame realizado, menos 20% em relação a 2020.

Relativamente às intervenções cirúrgicas, no primeiro trimestre deste ano 25% dos doentes com neoplasia maligna inscritos para cirurgia estavam fora do tempo máximo de resposta garantido (TMRG).

Segundo as informações da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) disponibilizadas ao Jornal de Notícias, no primeiro trimestre do ano foram operados 13 773 doentes oncológicos. Dos 5804 utentes com neoplasia maligna que aguardavam a cirurgia no final de 2020, dois terços foram intervencionados nos primeiros três meses deste ano.

A ACSS refere que dos 5675 inscritos na lista de espera cirúrgica, 75% estavam dentro da TMRG, mais 4% face a dezembro de 2020, o que “demostra o esforço para a recuperação das respetivas listas por parte dos hospitais”.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais