30 Abr, 2021

Foram registados mais de 150 milhões de casos de covid-19 no mundo desde o início da pandemia

O crescimento dos números na última semana deve-se principalmente à explosão de novos casos na Índia.

Desde o início da pandemia foram registados mais de 150 milhões de casos de covid-19, em todo o mundo. Os dados foram revelados no último balanço da agência France-Presse (AFP), numa altura em que se registam recordes diários de contágios.

O vírus SARS-CoV-2 foi identificado na China, em dezembro de 2019, e, desde aí, já foram notificadas 150.337.583 infeções, sendo que quase seis milhões foram declaradas na última semana. A situação deve-se sobretudo à explosão de casos na Índia, com 2,5 milhões de contágios nos últimos sete dias.

Desde meados de fevereiro que o número diário de casos aumentou para mais do dobro, depois de ter descido para 350 mil por dia entre outubro de 2020 e janeiro de 2021. Atualmente, regista-se uma média de 821 mil casos diários.

A multiplicação de casos diários deve-se sobretudo à crise sanitária que está a ocorrer na Índia, que já ultrapassou os 18,7 milhões de infeções desde o início da pandemia. Na última semana, o país registou em média 357 mil casos por dia (em fevereiro registava 11 mil contágios diários).

Os Estados Unidos continuam a ser o país com o maior número de casos em todo o mundo (32.288.76), segue-se a Índia (18.762.976) e o Brasil (14.590.678).

Quanto aos países mais afetados, o Montenegro está no topo da lista, com 15.457 casos por 100 mil habitantes, a seguir está a República Checa, com 15.207, e a Eslovénia, com 11.513.

A Ásia é o continente com o maior número diário de infeções (392.267) e também registou a maior aceleração da pandemia, com mais de 28% dos casos diagnosticados na última semana, em relação à semana anterior. África tem uma média de 11.038 casos por dia (mais 3%) e é, além da Ásia, o único continente onde o número de casos está a aumentar.

Na América latina e Caraíbas, os números diários de novos casos estão estavéis (133.881), enquanto na Europa as infeções caíram 18% nos últimos sete dias (184.007 por dia). Nos Estados Unidos e Canadá, os contágios também desceram 12% na última semana, com uma média diária de 60.537 casos.

Desde o início da pandemia, mais de um terço dos casos foram diagnosticados na Europa (50.213.426), sendo o continente mais afetado; segue-se os Estados Unidos e Canadá (33.496.740 casos);  América latina e Caraíbas (28.688.240); e a Ásia (25.594.773).

Lusa e SO

ler mais

RECENTES

ler mais