11 Fev, 2020

Em 2019 o INEM atendeu mais de 1,4 milhões de chamadas no 112

O número de emergência médica nacional foi usado pelos portugueses 3.900 vezes por dia.

Hoje, quando se assinala o Dia Europeu do 112, o INEM divulga que, no ano passado, atendeu 1. 414. 858 chamadas dos portugueses.

Em declarações à Antena 1, António Táboas, o médico do INEM e responsável do gabinete de Coordenação Nacional de Orientação de Doentes Urgentes, deu nota que o número de chamadas para o número de emergência médica tem vindo a crescer todos os anos e em 2019 cresceu 1,5% em comparação com 2018, acrescentando que os meios têm sido reforçados para dar resposta a estas chamadas.

O INEM tem estado num processo de recrutamento de técnicos para reforçar o quadro dos CODU’S (Centros de Orientação de Doentes Urgentes) e, portanto, tem sido possível dar essa resposta“.

O responsável frisou que algumas destas chamadas são falsas emergências, 5% do total, um número que também aumentou no ano passado face a 2018, para 71.157.

São 195 chamadas falsas por dia, que causam impacto na operação, assume António Táboas. Por isso, o dirigente explica que o INEM tem apostado em campanhas de sensibilização.

Outra situação que também ainda ocorre, mas da qual o INEN não tem números, são chamadas falsas que obrigam até a mobilizar meios. António Táboas explica que, cada vez mais, as autoridades estão sensibilizadas para estes casos que já levaram a algumas condenações de quem prevarica.

SO/Antena 1/RTP

ler mais

RECENTES

ler mais