26 Jan, 2021

Covid-19. Um terço dos infetados não sabe que tem o vírus

Revisão de mais de 60 estudos aponta para uma grande percentagem de assintomáticos. Investigadores pedem expansão dos testes rápidos.

Pelo menos um terço das pessoas infetadas com o vírus que causa a covid-19 não o sabem que o transportam, por estarem assintomáticas. O alerta surge numa revisão da literatura publicada há dias na revista académica Annals of Internal Medicine com base em 61 estudos científicos e relatórios sobre mais de 1,8 milhões de casos do novo coronavírus.

Os autores, investigadores do Centro de Investigação Scripps, na Califórnia (EUA) fizeram a  revisão de estudos e relatórios globais publicados até 17 de novembro de 2020 – incluindo duas grandes pesquisas em Inglaterra e em Espanha – que testaram a presença de anticorpos COVID-19 em mais de um milhão de pessoas.

“As infecções sem sintomas, sejam pré-assintomáticas ou assintomáticas, são importantes porque as pessoas infectadas podem transmitir o vírus mesmo que não tenham sintomas”, alertam os responsáveis pelo trabalho científico.

Alguns dos estudos incluídos nesta revisão reportam rastreios serológicos em massa feitos na Inglaterra e Espanha que mostraram que um terço dos indivíduos testados tinha anticorpos contra a covid-19 sem nunca ter apresentado sintomas.

Deste modo, os investigadores pedem uma alteração das “estratégias de controlo da COVID-19”, “tendo em consideração a prevalência e o risco de transmissão da infeção assintomática por SARS-CoV-2”. A equipa sugere a expansão de “testes rápidos para fazer em casa” que ajudem a identificar e conter casos assintomáticos, bem como apoios governamentais que ajudem as pessoas a isolarem-se em casa.

Tem surgido várias previsões quanto ao valor real dos assintomáticos, que variam entre 6% e 59%.

ler mais

RECENTES

ler mais