[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_post_title admin_label=”Post Title” title=”on” meta=”off” author=”on” date=”off” […]

Obesidade e pré-diabetes: os inimigos na mira

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_post_title admin_label=”Post Title” title=”on” meta=”off” author=”on” date=”off” categories=”off” comments=”off” featured_image=”off” featured_placement=”above” parallax_effect=”on” parallax_method=”on” text_orientation=”center” text_color=”dark” text_background=”off” text_bg_color=”rgba(255,255,255,0.9)” title_all_caps=”off” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_css_post_image=”float: left;|| width: 180px;|| height:190px;|| object-fit: cover;|| margin-top: 30px;|| margin-right: 30px;|| margin-bottom: 10px;|| margin-left: 0;|| max-width: 180px;|| border: 3px solid #999999;|| border-radius: 150px;|| -webkit-filter: grayscale(100%);|| filter: grayscale(100%);” module_bg_color=”rgba(255,255,255,0)”] [/et_pb_post_title][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Row” make_fullwidth=”off” use_custom_width=”off” width_unit=”on” use_custom_gutter=”off” padding_mobile=”off” allow_player_pause=”off” parallax=”off” parallax_method=”off” make_equal=”off” parallax_1=”off” parallax_method_1=”off” parallax_2=”off” parallax_method_2=”off” column_padding_mobile=”on” custom_css_main_1=”position: relative;||”][et_pb_column type=”1_4″][et_pb_team_member admin_label=”Person” name=”José Manuel Boavida” position=”Presidente da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal” image_url=”https://saudeonline.pt/wp-content/uploads/2019/01/jose_manuel_boavida.jpg” animation=”off” background_layout=”light” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” module_class=”ds-thumbnail-blog-red” header_font=”|on|||” header_font_size=”16″] [/et_pb_team_member][/et_pb_column][et_pb_column type=”3_4″][et_pb_text admin_label=”Text” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

Com base nas estimativas do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativas ao envelhecimento da população e em articulação com os dados do mais recente Observatório Nacional da Diabetes (OND) – considerando as pessoas com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos –, o diretor do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo da Diabetes (PNPCD) da Direção-Geral da Saúde (DGS), José Manuel Boavida, avança que “13,1% da população portuguesa sofre de diabetes”, o que corresponde a um aumento de 1,8% face a 2009.

Destes 13,1%, 7,4% corresponde à prevalência da diabetes diagnosticada e 5,7% corresponde à prevalência da diabetes não diagnosticada, sublinha o especialista, assinalando ainda a tendência crescente da diabetes tipo 2 na sociedade portuguesa.

A incidência da diabetes aumenta com o avançar da idade, sendo que “acima dos 60 anos, 27% da população tem diabetes”, aponta José Manuel Boavida, com a prevalência a ser maior no sexo masculino (30,4%) do que no sexo feminino (24,3%). Igualmente significativa é a relação entre diabetes e o índice de massa corporal (IMC): calcula-se que aproximadamente 90% com diabetes tenha excesso de peso (49,2%) ou obesidade (39,6%), sendo que a prevalência de diabetes nas pessoas obesas (com um IMC igual ou superior a 30) é cerca de quatro vezes superior – 20,7% – à estimada em pessoas com um IMC normal (inferior a 25) – 5,9%.

A preocupação dos especialistas recai, atualmente, sobre outro aspeto: a pré-diabetes. Segundo o diretor do PNPCD, “para além da população com diabetes, estimada em um milhão de portugueses, há ainda 2,1 milhões – 27,2% da população portuguesa – sobre os quais temos que intervir, se queremos conter o tsunami configurado pela pré-diabetes”.

Assim, no conjunto, 40,3% da população portuguesa tem diabetes ou pré-diabetes (também designada como hiperglicemia intermédia) – o que corresponde a um total de 3,1 milhões de pessoas.

Atualmente registam-se cerca de 60 mil novos casos de diabetes por ano e, “se nada for feito, e caso as tendências de aumento da obesidade não sejam contrariadas, poder-se-á facilmente atingir os 180 mil novos casos por ano”, alerta José Manuel Boavida, justificando: “o que os estudos internacionais mostram é que se conseguirmos travar a obesidade e interferir ao nível da prevenção, atuando junto dos 2,1 milhões de pessoas em situação pré-diabética, será possível estabilizar a doença nos valores atuais. Ou seja, no melhor dos cenários, é a manutenção dos atuais números de diabéticos”.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]
ler mais

RECENTES

ler mais