21 Nov, 2017

VIH: Taxa de incidência no Porto é de 3,3%

O Centro Comunitário +Abraço, com sede no Porto, realizou no seu primeiro ano de intervenção um total de 1.507 testes, dos quais 496 foram de VIH.

Para o VIH, segundo a associação, os resultados obtidos apresentam uma taxa de incidência de 3,3%, superando as taxas de incidência dos cuidados de saúde primários (0,8%), da rede CAD – Centros de Aconselhamento e Deteção VIH/SIDA em Portugal (1,6%) e de outras estruturas de base comunitárias (1,9%).

De acordo com a fonte, “foram detetados 16 resultados reativos para o VIH, 27 de sífilis, dois de hepatite C (VHC) e um de gonorreia, com respetiva confirmação de diagnóstico. Foram ainda realizados 39 encaminhamentos para serviços de doenças infecciosas de pessoas com resultados negativos, mas apresentando sintomas associados a outras IST (infeções de transmissão sexual)”.

O Centro Comunitário +Abraço é um projeto da Associação Abraço que abriu portas em outubro de 2016 para responder às tendências de incidência do vírus da imunodeficiência humana (VIH) e outras infeções de transmissão sexual (IST) em homens que praticam sexo com homens (HSH).

Durante os primeiros 12 meses, foram realizados 493 testes de VIH, 446 de sífilis, 419 de hepatite C, 92 de hepatite B, 38 de gonorreia e 19 de clamídia.

“Os resultados obtidos vêm reforçar a relevância de serviços especializados de base comunitária direcionados a grupos-chave, caracterizados por espaços onde se responda às suas necessidades, se disponibilize apoio sem moralismos e onde seja reconhecida a importância do prazer sexual e intimidade na vida de todas as pessoas”, refere associação num comunicado enviado à Lusa.

Nos países da União Europeia, o sexo entre homens é a forma de transmissão de VIH mais frequentemente indicada, traduzindo-se em 39% dos novos casos diagnosticados, acrescenta.

Este Centro Comunitário é cofinanciado pela Direção-Geral de Saúde e pioneiro na cidade do Porto, garantindo o acesso atempado à informação, meios de prevenção, diagnóstico e cuidados de saúde especializados junto da população HSH.

Os principais resultados do primeiro ano de intervenção deste centro serão apresentados na próxima quinta-feira, no âmbito da Semana Europeia do Teste de VIH e Hepatites Víricas.

A apresentação contará com a presença do ator Pedro Lamares, do diretor clínico do Centro Hospitalar do Porto, Rui Sarmento, e de Andi Pereira, da direção da It Gets Better Portugal.

LUSA/SO

ler mais

RECENTES

ler mais