28 Dez, 2017

Vício em videojogos passa a ser considerado doença mental

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vai começar a considerar o vício em videojogos como um distúrbio psiquiátrico.

De acordo com a informação avançada pelo Diário de Notícias, com a publicação do manual de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde, depender destes jogos passa a ser uma doença mental e não apenas um vício.

“É muito importante haver o reconhecimento de que não é um problema simples de alguns adolescentes”, afirmou Pedro Hubert, psicólogo especialista em adição de videojogos. O especialista salienta que quem está viciado tem tendência em isolar-se da família e amigos, tem problemas em dormir e com a alimentação.

SO/SF

 

ler mais

RECENTES

ler mais