Uma em cada 1000 crianças pode desenvolver Artrite Idiopática Juvenil

A Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas (LPCDR) realiza no dia 14 de outubro o Fórum de Apoio ao Doente Reumático, pelas 10h, no Auditório da ANF, sob o mote "Capacitar a Família".

O tema deste ano, “Capacitar a Família”, será debatido por um conjunto de especialistas da área, com a missão de consciencializar para uma condição que afeta crianças, jovens e adultos, com um enorme impacto social e psicológico.

Estima-se que uma em cada 1000 crianças poderá desenvolver Artrite Idiopática Juvenil. Desse modo, torna-se essencial o diagnóstico preciso para a indicação dos procedimentos adequados, de forma a impedir a progressão da doença. Quando devidamente tratadas, estima-se que cerca de 50% das crianças com doença reumática crónica cheguem à idade adulta sem limitações articulares significativas.

Abordar temáticas sobre a progressão da doença em idade jovem e o impacto que estas doenças assumem quando experienciadas na vida adulta, na sexualidade ou na gravidez, na inserção laboral e na prestação de cuidados à família, são o foco desta iniciativa dedicada aos principais desafios enfrentados na vida familiar das pessoas com doenças reumáticas.

Esta iniciativa da LPCDR regressa este ano de forma a assinalar o Dia Mundial das Doenças Reumáticas, que se celebra a 12 de outubro. De facto, acredita-se que um em cada dois portugueses sofra de algum tipo de doença reumática, tornando-se urgente cumprir os 4 R’s das doenças reumáticas: Reintroduzir, Recolocar, Reabilitar, Recondicionar, para nunca se chegar antecipadamente ao Reformar  e, assim, reduzir os encargos socioeconómicos, melhorando a qualidade de vida das pessoas afetadas por estas doenças

ler mais

RECENTES

ler mais