16 Jan, 2017

Túnel de acesso a estacionamento do Hospital da Luz ocupa terrenos camarários

O Hospital da Luz, em Lisboa, vai ocupar 536 metros quadrados de terrenos municipais com um novo acesso em túnel ao estacionamento subterrâneo a criar no âmbito da ampliação desta unidade de saúde

O Hospital da Luz, em Lisboa, vai ocupar 536 metros quadrados de terrenos municipais com um novo acesso em túnel ao estacionamento subterrâneo a criar no âmbito da ampliação desta unidade de saúde, informou hoje a autarquia.

“O túnel rodoviário em execução extravasa os limites do terreno do Hospital da Luz e vai ocupar, apenas em subsolo, terrenos do domínio privado do município sob parte das ruas Aurélio Quintanilha, Galileu Galilei e da Avenida Lusíada, numa área de 536 metros quadrados”, indicou a Câmara de Lisboa, em resposta escrita enviada à agência Lusa.

Essa infraestrutura dará acesso aos cerca de 500 lugares de estacionamento subterrâneo que serão criados.

Na informação enviada à Lusa, a Câmara salientou que tal ocupação foi aprovada em reunião do executivo em julho de 2016, “com a condição de, após a conclusão da construção, a infraestrutura resultante ser entregue ao município que, por sua vez, autorizará a utilização da mesma pelos particulares [Hospital da Luz] ficando estes responsáveis pela sua manutenção e conservação e de pagarem uma contrapartida anual, calculada de acordo com a Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais”.

Segundo a autarquia, “o referido túnel irá ligar, ainda em subsolo, com o atual túnel de saída do estacionamento do Centro Comercial Colombo”, que também ocupa terrenos municipais.

Fonte oficial do município acrescentou, por seu lado, que situações semelhantes se verificam nos acessos aos centros comerciais do Campo Pequeno e El Corte Inglés.

A construção do túnel levou, também, à ocupação de parte da estrada no final da Avenida Lusíada.

Segundo a autarquia, ali será criada uma “saída do