Cancro urotelial. “O enfortumab vedotina reduz o risco de morte em 30% vs. quimioterapia”

O cancro urotelial tem, atualmente, uma taxa de sobrevida a 5 anos de apenas 5%. Face a esta realidade, a Astellas Farma tem uma nova terapêutica que faz a diferença. No âmbito da Semana da Urologia, que se assinalou entre 26 e 30 de setembro, Filipe Novais, Diretor Geral da Astellas Farma Portugal, fala do novo medicamento.