27 Jan, 2017

Rui Nunes reeleito presidente da Associação Portuguesa de Bioética

A assembleia geral da da Associação Portuguesa de Bioética decidiu por unanimidade e aclamação, reconduzir Rui Nunes por mais cinco anos como presidente da instituição

A assembleia geral da da Associação Portuguesa de Bioética decidiu por unanimidade e aclamação, reconduzir Rui Nunes  por mais cinco anos como presidente da instituição. O novo mandato fica à partida marcado por coincidir com o início da discussão pública de  temas controversos na área da Bioética, em que a associação está particularmente envolvida, como o da morte medicamente assistida.

Reconhecida como entidade credível a nível nacional e internacional, a Associação Portuguesa de Bioética, e o seu presidente em particular, lideram nesta altura um importante processo de instituição de uma Declaração Universal de Igualdade de Género, cuja proposta já seguiu para a Comissão Nacional da UNESCO, e que deve entrar em discussão pública brevemente e por um período de três meses.

Outro tema que já entrou em discussão pública e que em breve deve entrar na agenda parlamentar é a despenalização da eutanásia, matéria na qual a Associação Portuguesa de Bioética terá um papel consultivo fulcral, mas que se estende ao esclarecimento da opinião pública em geral sobre o que está verdadeiramente em causa com a eutanásia e as suas implicações éticas, jurídicas e confessionais. A este propósito, a instituição já se pronunciou no sentido de que depois de um amplo debate público se avance para um referendo nacional nesta matéria, uma vez que a temática não mereceu referência em nenhum dos programas eleitorais para eleger a actual Assembleia da República.

MM

ler mais

RECENTES

ler mais