5 Abr, 2017

Rastreios de visão para os mais novos no Algarve

A Administração Regional de Saúde do Algarve celebra um protocolo de cooperação com as autarquias de Loulé e São Brás de Alportel que visa a promoção de Rastreios de Acuidade Visual na Infância

Todas as crianças que integrem o ensino Pré-escolar e Primeiro ciclo do concelho de São Brás de Alportel e o Pré-escolar da Rede Pública e Solidária do concelho de Loulé, assim como os jovens até ao ensino secundário sinalizados pelos professores vão ter acesso ao Rastreio de Acuidade Visual Infantil.

O rastreio é promovido pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve em parceria com as Câmaras Municipais de Loulé e de São Brás de Alportel, no âmbito de um protocolo de cooperação para a Promoção da Saúde Visual na Infância e foi celebrado esta segunda-feira.

O rastreio é gratuito e será realizado pelas Unidades de Cuidados na Comunidade Al-Portellus e Gentes de Loulé com as Equipas de Saúde Escolar e em colaboração com as Equipas de Saúde Infantil das unidades funcionais dos respetivos concelhos, com o objetivo de prevenir e identificar precocemente potenciais alterações oftalmológicas nas crianças.

No caso de deteção precoce, as crianças serão encaminhadas para a consulta de oftalmologia da unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve para confirmação do diagnóstico e respetivo tratamento.

A cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação entre o Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, Paulo Morgado, e os Presidentes das Câmaras Municipais de Loulé, Vítor Aleixo, e de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, foi realizado esta segunda-feira, dia 3 de abril de 2017, na sede da ARS Algarve, estando previsto o início do rastreio no decorrer do mês de maio.

O presidente da ARS Algarve considera esta parceria como “um excelente exemplo” do novo ciclo que este Conselho Diretivo está a iniciar de “maior abertura à comunidade e de diálogo com as entidades locais e regionais para encontrarmos soluções em prol do bem-estar da população”.

Paulo Morgado destacou a importância do reforço da articulação e das sinergias entre as autarquias e a ARS Algarve para que em conjunto se ir ao encontro das necessidades identificadas e melhorar os cuidados de saúde prestados à população, contribuindo para “reforçar a confiança” nos serviços públicos do Algarve.

No mesmo sentido, os presidentes da Câmara de Loulé e São Brás de Alportel sublinharam a importância desta colaboração para a promoção da saúde dos mais jovens e manifestaram a sua disponibilidade para reforçarem a parceria com a Saúde noutros projetos que visem contribuir para a melhoria da vida de todos os munícipes.
No âmbito deste protocolo de cooperação, as autarquias vão adquirir os equipamentos necessários à realização do rastreio, disponibilizando-os às equipas de saúde escolar das UCC do respetivo concelho, à contratação de prestação de serviço de médico oftalmologista para, em caso de necessidade, fazer o eventual acompanhamento das situações identificadas, assim como, informar e articular com os agrupamentos de escolas do concelho com vista à participação das crianças no rastreio.

As equipas de saúde escolar das UCC, após articulação com a direção dos agrupamentos de escolas envolvidas, vão realizar o rastreio em contexto escolar e, encaminhar para o médico de família, através do encarregado de educação, as crianças com rastreio positivo e necessidade de consulta de especialidade para posterior referenciação para o Centro Hospitalar do Algarve.

Comunicado de Imprensa/SO/SF

 

ler mais

RECENTES

ler mais