12 Dez, 2017

Paula Brito e Costa demite-se do cargo de presidente da Raríssimas

Paula Brito e Costa demitiu-se hoje, três dias após a reportagem de o canal televisivo TVI ter questionado a sua gestão financeira enquanto presidente da Associação Raríssimas.

Segundo avança o semanário Expresso, a presidente da Associação de Deficiências Mentais e Raras Raríssimas apresentou hoje a sua demissão, afirmando ter sido alvo de uma “cabala muito bem feita”.

Paula Brito e Costa abandona a presidência  três dias depois de a TVI ter denunciado práticas de gestão danosa dos dinheiros públicos que chegam à instituição de solidariedade social (IPSS).

A sucessão está em aberto uma vez que a Raríssimas está sem vice-presidente desde maio. Cargo esse que o substituto convidado, o deputado Ricardo Baptista Leite, acabou por recusar depois de toda a polémica em torno da gestão de Paula Brito e Costa.

SO/SF

 

ler mais

RECENTES

ler mais