Nova central de colheitas já a funcionar no Hospital de Santa Maria

A nova central de colheitas do serviço de patologia clínica do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, já está em atividade no espaço onde funcionou uma farmácia comercial

Esta farmácia, inaugurada em 2009 na presença do primeiro-ministro na altura, José Sócrates, nunca pagou uma única renda ao Hospital de Santa Maria, chegando a contabilizar uma dívida superior a seis milhões de euros.

Depois de encerrada e do hospital tomar posse do espaço, num processo que durou anos, a antiga farmácia começou a acolher outros serviços hospitalares, tendo já há algum tempo a funcionar o balcão de dispensa de medicamentos do serviço de gestão técnico-farmacêutica.

Na semana passada entrou em funcionamento a nova central de colheitas do serviço de patologia clínica, neste espaço.

De acordo com uma nota do Hospital Santa Maria, que pertence ao Centro Hospitalar de Lisboa Norte (CHLN), juntamente com o Hospital Pulido Valente, “estas são duas áreas primordiais dentro da prestação de cuidados ambulatórios, com uma ampla afluência diária de doentes e acompanhantes.

A nova central irá disponibilizar 11 postos de colheita, “mobilados e equipados de acordo com renovados padrões de qualidade”.

“A decisão de criação de um novo espaço baseou-se nos constrangimentos funcionais outrora existentes, consequentes do amplo número de atendimento diário de utentes em espaços com limitações de vária ordem, localizada no interior do edifício e numa área de intensa circulação de doentes e profissionais”, prossegue a nota.

LUSA/SO/SF

 

Msd - banner_final

ler mais

RECENTES

ler mais