SaudeOnline.pt / Uronline / uro-entrevistas

Bexiga Hiperativa atinge até 80% dos doentes com EM. Qual o papel da neuromodulação sagrada?

Em doentes com EM, é mais frequente do que na população geral a necessidade de recorrer a tratamentos de segunda e terceira linha para tratar a bexiga hiperativa, explica o urologista do Centro Hospitalar de Lisboa Norte.

CCR. Eficácia da combinação IO + TKI: qual a melhor opção?

Anti-angiogénicos e a imunoterapia aumentaram muito a sobrevivência. No entanto, a ausência de biomarcadores é um dos obstáculos que persistem, diz o médico urologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Carcinoma de Células Claras: risco de morte diminui 30% com associação pembrolizumab/axitinib

Benefícios em relação ao standard of care (sunitinib) verificam-se também noutros indicadores, como a taxa de respostas completas, refere, em entrevista, o oncologista do Hospital de Santa Maria.

  • dr. luis brito avo

Entrevista. Silenciamento genético é o avanço mais recente no tratamento da PHA

Embora raras, as quatro formas Porfírias Hepáticas Agudas podem evoluir para um quadro grave, obrigando ao transplante hepático, explica o médico internista Luís Brito Avô, coordenador do Núcleo de Estudos de Doenças Raras da Sociedade Portuguesa da Medicina Interna.

Go to Top