SaudeOnline.pt / Neuroline / neuro-entrevistas

EM. Registo nacional de doentes avança mas acesso às RM continua difícil

O presidente do Grupo de Estudos de Esclerose Múltipla (GEEM) aponta, em entrevista, dificuldades no acesso aos cuidados dos doentes que vivem fora dos centros urbanos. No entanto, a resposta não deve passar pela criação de mais centros de referência, diz.

Investigação na EM. Os biomarcadores e outros caminhos para melhorar a vida dos doentes

Os biomarcadores, as mais recentes tecnologias de imagem, a digitalização do apoio aos doentes, as bases de dados e, claro, os novos fármacos são caminhos para o mesmo destino: a melhoria da qualidade de vida dos doentes com Esclerose Múltipla (EM).

Bexiga Hiperativa atinge até 80% dos doentes com EM. Qual o papel da neuromodulação sagrada?

Em doentes com EM, é mais frequente do que na população geral a necessidade de recorrer a tratamentos de segunda e terceira linha para tratar a bexiga hiperativa, explica o urologista do Centro Hospitalar de Lisboa Norte.

Esclerose Múltipla. A caminho de fármacos neuroprotetores

Nos últimos anos conseguiu-se controlar com alguma eficácia a componente inflamatória da esclerose múltipla. Agora, o caminho, nas palavras do coordenador de Neurologia do Hospital CUF Sintra, passa pela aposta na terapêutica neuroprotetora.

  • hipertensos

AVC. “Fundamental é a prevenção e o controlo dos fatores de risco, com a HTA à cabeça”

O presidente da Sociedade de Hipertensão (SPH) sublinha a importância de apostar em estratégias preventivas para lidar com o AVC, não só porque são a melhor opção ao nível dos resultados, mas também porque fazem sentido em termos financeiros.

Entrevista. Projeto estuda nanodiamantes para deteção precoce de Parkinson

Investigação interinstitucional pretende traçar um perfil dos neurónios dopaminérgicos para "estabelecer metodologias que permitam fazer um diagnóstico precoce da doença" de Parkinson, afirma o coordenador da equipa do ICVS, o Dr. António Salgado.

Go to Top