SaudeOnline.pt / hemato-investigação

Últimos avanços científicos em doenças hemato-oncológicas na ASH 2020

Dados do estudo com axicabtagene ciloleucel em linfoma de grandes células B e do estudo de fase 1b com magrolimab em doentes com leucemia mielóide aguda, avançados pela Gilead e Kite.

Bolsa atribuída a projeto sobre leucemia LA com mutação no recetor da IL-7

Projeto do investigador Luís Pedro Monteiro é o vencedor da 1ª edição da Bolsa de Investigação em Leucemia Linfocítica Aguda, cujo valor é de 10 mil euros.

Células deciduais NK protegem feto sem destruir células infetadas

Na presença de células infetadas, as células deciduais NK transferem granulisina para trofoblastos através de nanotubo. Mecanismo, observado pela primeira vez, protege de aborto espontâneo.

Investigação apoia teste à HbA1c para avaliar risco diabético em jovens

Hiperglicémia definida pelo teste à HbA1c estava mais fortemente associada a fatores de risco cardiometabólicos do que a definida por teste convencional em jejum.

Lúpus eritematoso sistémico: belimumab produz resultados semelhantes em crianças

A resposta de crianças com LES ao belimumab vs. placebo foi de 52,8% vs. 43,6%, na semana 52. Perfil de segurança também consistente com o observado em adultos.

Linfoma de Hodgkin: Infarmed aprova financiamento de pembrolizumab em monoterapia

Decisão diz respeito a pembrolizumab, em monoterapia, para o tratamento de adultos com Linfoma de Hodgkin clássico refratário ou recidivado, após transplante autólogo de células estaminais e tratamento com brentuximab vedotina.

Mieloma múltiplo: Ixazomib reduz em 34% risco de progressão ou morte

Dados positivos do estudo de fase 3 que avaliam ixazomib como terapêutica de manutenção demonstram uma melhoria significativa na sobrevivência livre de progressão (PFS) em doentes adultos não candidatos a transplante de células estaminais

Go to Top