Morreu Fernando Sollari Allegro

Primeiro Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Porto, de que foi também Diretor do Serviço de Gastrenterologia, foi sob o seu mandato que a instituição ganhou o estatuto de Centro Hospitalar Universitário

Fernando Sollari Allegro, especialista em gastrenterologia e mentor de importantes transformações nos últimos 14 anos do Centro Hospitalar do Porto/Hospital de Santo António, morreu ontem, vítima de cancro.

Segundo fonte do Centro Hospitalar do Porto, Fernando Sollari Allegro morreu ontem ao final da tarde no Porto, aos 69 anos.

O funeral de Sollari Allegro, ex-presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Porto (CHP), realiza-se às 15:00 de quinta-feira, revelou o CHP. O corpo de Sollari Allegro vai estar em câmara ardente a partir da tarde de hoje na igreja de Nossa Senhora da Boavista, no Foco.

Detetada em 2009, a doença forçaria Fernando Sollari Allegro a pedir a exoneração, nesse mesmo ano, do cargo de presidente do Conselho de Administração, cargo que ocupava desde 2002. Mais tarde, explicou que tomou a decisão de abandonar a administração por considerar que “um hospital que tem um orçamento de 250 milhões de euros, não deve estar entregue a um doentinho”.

Sollari Allegro nasceu a 27 de janeiro de 1947, em Moçambique, licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Teresópolis, Rio de Janeiro, Brasil, com equivalência subsequente pelas faculdades de medicina portuguesas.

Entre abril e outubro de 1984 foi assistente convidado da disciplina de gastrenterologia do Curso de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e concluiu, em julho de 1986, o internato de especialidade de gastrenterologia no Hospital Geral de Santo António.

Desde 1986, e aprovado por