19 Out, 2016

Montepio e ARSLVT assinam protocolo para 64 novas camas de Cuidados Continuados Integrados

As 64 novas camas -15 de convalesça, 29 de média duração e reabilitação e 20 de longa duração - vêm alargar a resposta na região da capital, que passará a contar com 2.127 camas

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e as Residências do Montepio, S.A, celebraram um protocolo para a abertura de mais 64 camas da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados com  no concelho de Cascais, informa a ARSLVT em comunicado.

As 64 novas camas de Cuidados Continuados Integrados (15 de convalesça, 29 de média duração e reabilitação e 20 de longa duração) vêm alargar a resposta na prestação deste nível intermédio de cuidados de saúde, aumentando assim para 2.127 camas em Unidades de Internamento para a prestação e apoio social na Região de Lisboa e Vale do Tejo.

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, estará presente no acto.

As Unidades de Cuidados Continuados Integrados têm por objetivo a prestação de cuidados de saúde e de apoio social de forma continuada e integrada a pessoas que, independentemente da idade, se encontrem em situação de dependência, permitindo a promoção da reabilitação, estabilização clínica e autonomia dos doentes.

ler mais

RECENTES

ler mais