Ministério da Saúde disponibiliza 35 milhões de euros no apoio à integração de cuidados

O programa que pretende promover a articulação e integração entre prestadores de cuidados de saúde, incentivando iniciativas de mudança organizacional

O Programa de Incentivo à Integração de Cuidados e à Valorização dos Percursos dos Utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) foi aprovado pelo ministério e pretende “fomentar a articulação e a integração entre prestadores de cuidados de saúde, incentivando as entidades a apresentarem iniciativas conjuntas de mudança organizacional que assegurem elevados níveis de acesso, qualidade e eficiência”.

Segundo um comunicado da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), o programa terá um total de 35 milhões de euros e tem como objetivo central colocar os cidadãos e as famílias nos centros das intervenções de todos os profissionais e serviços do SNS.

Para serem elegíveis, os projetos devem estar enquadrados numa destas áreas: rastreios ou diagnóstico precoce; redução de internamentos, consultas e urgências evitáveis; programas de apoio domiciliário; valorização do percurso do utente no SNS; articulação para exames e meios de diagnóstico.

O programa destina-se a centros de saúde, hospitais ou centros hospitalares, a instituições públicas que integrem a rede de cuidados continuados ou às administrações regionais de saúde que apresentem candidaturas na área dos rastreios.

As candidaturas devem ser apresentadas até final de maio deste ano.

LUSA/SO

 

Gedeon Richter

 

ler mais

RECENTES

ler mais