29 Jan, 2018

Médicos indiferenciados estão a ser contratados para funções de especialista

A ARS de Lisboa e Vale do Tejo vai pagar a estes profissionais um preço/hora superior ao que é pago aos médicos especialistas.

A Administração Regional de Lisboa e Vale do Tejo vai contratar 3.553 horas semanais de serviços prestados por médicos indiferenciados para que estes assumam funções de especialistas em Medicina Geral e Familiar em 15 Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES).

Recorde-se que existem, atualmente 710 médicos recém-especialistas que aguardam há meses pela abertura dos concursos para ingresso na carreira médica. O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) acusa a ARSLVT de estar a “delapidar” os recursos financeiros em empresas de serviços médicos, “com custos superiores e cuidados de saúde sem a diferenciação técnica e científica dos médicos da carreira médica”.

A estrutura sindical afirma, ainda, ser “lamentável” que o Governo persista em não abrir os concursos, reforçando que esta instabilidade leva os recém-especialistas a procurar alternativas fora do SNS.

SO/Sara Fernandes

 

ler mais

RECENTES

ler mais