25 Jan, 2017

Japão abate 168.000 galinhas devido a surto de gripe aviária

As autoridades de Miyazaki, no sudoeste do Japão, começaram hoje a sacrificar cerca de 168.000 galinhas, após ter sido detetado um surto de gripe das aves numa quinta na região

Na terça-feira surgiram 130 aves mortas numa quinta na região, pelo que as autoridades locais realizaram testes e confirmaram a presença do vírus H5 em quatro delas, informou a imprensa local.

Além disso, proibiram a movimentação das aves e ovos num raio de dez quilómetros em torno da propriedade agrícola afetada, medida que abrange cerca de 140 quintas, segundo a estação de televisão NHK.

Este é o segundo abate de aves em um mês em Miyazaki, depois de em dezembro terem sido abatidas 120.000 aves de capoeira na região.

Desde novembro do ano passado, o subtipo H5 da gripe aviária foi detetado em propriedades avícolas de Hokkaido e Aomori (norte), Niigata (noroeste), e em Kumamoto e Miyazaki (sudoeste), e o número de aves sacrificadas desde então supera já um milhão.

Esta é a primeira vez que o vírus reaparece no Japão desde o final de 2014, e do pior surto desde 2011, quando o foco detetado em quintas em Miyazaki obrigou ao sacrifício de cerca de 700.000 aves.

Por sua vez, a Organização Mundial de Saúde advertiu na segunda-feira que se encontra em alerta máximo perante a rápida propagação de surtos de gripe aviária, com casos reportados em cerca de 40 países desde o passado mês de setembro.

LUSA/SO

 

ler mais

RECENTES

ler mais