12 Out, 2016

IPO de Coimbra recebe debate sobre tromboembolismo

Trata-se de uma iniciativa conjunta dos três institutos de oncologia do país realizada no âmbito do Dia Mundial da Trombose e dirigida a médicos, enfermeiros e farmacêuticos,

Mais de uma centena de profissionais de saúde participa na quinta-feira, no IPO de Coimbra, num debate sobre Tromboembolismo Venoso (TEV), que é a segunda causa de morte nos doentes oncológicos, anunciou hoje aquela unidade de saúde.

Segundo Élia Moura Guedes, especialista em imunoterapia, o tromboembolismo é uma situação “muito frequente e afeta um em cada cinco doentes oncológicos”.

A médica, porta-voz do Grupo de Trabalho para a Profilaxia do Tromboembolismo do IPO de Coimbra, salienta que os doentes com cancro apresentam risco quatro a sete vezes superior à população em geral.

“Noventa por cento dos tromboembolismos ocorrem nas veias profundas da coxa e da perna, alterando a cor da pele, inchaço e dor, pelo que estes sinais devem servir imediatamente de alerta para as pessoas procurarem cuidados médicos”, frisou a especialista à agência Lusa.

A prevenção e o diagnóstico precoce são, de acordo com Élia Moura Guedes, as formas mais eficazes para diminuir as probabilidades de existência de tromboembolismo.

A médica do IPO de Coimbra recomenda aos cidadãos uma dieta saudável, equilibrada, exercício físico regular, ingestão de água, controlo de peso e não fumar.

O tromboembolismo é um importante problema de saúde pública a nível mundial, sendo responsável por 540.000 mortes por ano na União Europeia, com impacto na morbilidade, mortalidade e consumo de recursos.

O debate de quinta-feira, no auditório do IPO Coimbra, em que participam os outros dois polos nacionais (Lisboa e Porto), vai servir para “partilha de experiências, atualização de conhecimentos e adoção de estratégia comum de atuação na prevenção”, adiantou Élia Moura Guedes.

Trata-se de uma iniciativa conjunta dos três institutos de oncologia do país (Lisboa, Porto e Coimbra) que, anualmente e de forma rotativa, procuram proporcionar aos profissionais destas áreas as últimas atualizações e recomendações nacionais e internacionais.

O evento, que se realiza no âmbito do Dia Mundial da Trombose, reúne médicos, enfermeiros e farmacêuticos.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais