22 Nov, 2016

Hospital de Cascais lança campanha de apelo ao teste do VIH

Ao longo de toda a semana O Hospital de Cascais vai estar equipado a rigor pela campanha “Fazer o teste é fácil. Difícil é viver na dúvida”. As mensagens de apelo ao teste e outras informações sobre o VIH vão estar distribuídas por todo o hospital

“Fazer o teste é fácil. Difícil é viver na dúvida” é o mote da nova campanha do Hospital de Cascais para alertar para a importância do teste ao VIH. A campanha, lançada no passado dia 18 e que decorrerá até ao próximo sábado, insere-se na Semana Europeia do Teste VIH, uma iniciativa à qual o Hospital de Cascais é o único, a nível nacional, a associar-se, informa  instituição em comunicado.

Ao longo de toda a semana O Hospital de Cascais foi “equipado” a rigor pela campanha “Fazer o teste é fácil. Difícil é viver na dúvida”. As mensagens de apelo ao teste e outras informações sobre o VIH vão estar distribuídas por todo o hospital: elevadores, atrium principal, tabuleiros individuais de alimentação, entre outros. Os profissionais de saúde vão também “vestir a camisola” e utilizar crachás, pulseiras e t-shirts alusivos à campanha.

“O Hospital de Cascais é o único do país a juntar-se à Semana Europeia do Teste VIH, uma iniciativa muito importante, a nível mundial, que pretende sensibilizar toda a população para a importância da realização do teste ao VIH. Para aumentarmos o diagnóstico da doença, é necessário que sejam realizados mais testes e o hospital está alinhado com esses objetivos”, explica Inês Vaz Pinto, responsável pela consulta do VIH da unidade hospitalar.

A médica fala ainda sobre o “Objetivo 90/90/90” da ONUSIDA, uma instituição impulsionadora da ação mundial contra o VIH/SIDA: “a meta, até 2020, é que consigamos que 90% das pessoas com VIH estejam diagnosticadas, 90% estejam a ser tratadas e, destas últimas, 90% tenham a infeção controlada. Para atingir a meta final, temos que trabalhar já nos primeiros 90%, ou seja, identificar os doentes infetados e que desconhecem este facto”.

A campanha no Hospital de Cascais, que tem como inspiração ideias utilizadas a nível mundial, tem início hoje com a exposição “Os Rostos do VIH Hoje” que mostra a evolução da doença e do tratamento nos últimos 35 anos. Esta exposição é promovida pela Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA, pelo Núcleo de Estudos do VIH da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna e pelas Associações Abraço, AJPAS, Fundação Portuguesa “A Comunidade contra a SIDA”, Liga Portuguesa contra a SIDA, Associação Positivo e Ser+.

Fonte comunicado de imprensa

 

ler mais

RECENTES

ler mais