16 Nov, 2016

Hospital de Cascais é o mais tecnológico de Portugal

Atribuída pela GS1 Healthcare, a distinção premeia o novo modelo tecnológico, baseado na leitura de um código de barras, que assegura a monitorização permanente do processo de administração do medicamento

O Hospital de Cascais foi distinguido com o O Best Provider Implementation Case, pela implementação de uma tecnologia inovadora que permite um ganho considerável de segurança para o doente e uma melhoria global do serviço prestado, informou a instituição em comunicado.

Atribuída pela GS1 Healthcare, a distinção premeia o novo modelo tecnológico, baseado na leitura de um código de barras, que assegura a monitorização permanente do processo de administração do medicamento, garantindo os “Cinco Certos da Administração Terapêutica”: Doente Certo, com o Medicamento Certo, na Dose Certa, à Hora Certa e pela Via de administração Certa – e aumentando os padrões de segurança do Hospital de Cascais.

“Ter um atendimento de alta qualidade centrado no doente está no cerne de tudo o que fazemos. As nossas equipas clínicas e técnicas têm trabalhado arduamente para garantir que o investimento em tecnologia proporciona um benefício real para os cidadãos de Cascais e Sintra que servimos”, declarou Vasco Antunes Pereira, presidente do Conselho de Administração do Hospital de Cascais.

O Hospital de Cascais foi também recentemente certificado como o hospital português mais bem classificado pelo Electronic Medical Record Adoption Model (EMRAM), do HIMSS Analytics, que avalia os sistemas e tecnologias de informação na área hospitalar.

Distinguido com o nível 6 (numa escala de 0 a 7), o Hospital de Cascais passou a integrar a elite hospitalar a nível europeu. Apenas 2,5% das unidades hospitalares da Europa têm esta classificação.

“A certificação de nível 6 demonstra o compromisso contínuo do Hospital na utilização da tecnologia como parte da estratégia de segurança do doente. Utilizamos a tecnologia não como um fim, porque nunca dispensamos a humanização, mas como um meio para atingir a excelência dos cuidados de saúde prestados no Hospital de Cascais”, sublinha Vasco Antunes Pereira.

Os peritos internacionais verificaram as diversas tecnologias utilizadas no Hospital de Cascais. “Ficou claro para mim que o Hospital de Cascais é capaz de fazer essa importante ligação entre o investimento em Tecnologias de Informação e o aumento da segurança dos doentes, bem como a qualidade global dos cuidados clínicos que presta. Fiquei particularmente impressionado com o Hospital de Cascais no que diz respeito ao processo para assegurar que a tecnologia auxilia a identificação do doente e do medicamento, aumentando assim os níveis de segurança nesta área crucial. Os médicos dentro do hospital estão claramente familiarizados com a tecnologia e a necessidade de reduzir a sua dependência do papel e de serviços não automatizados”, afirmou por sua vez John Rayner, diretor regional do HIMSS Analytics para a Europa.

Fonte: Comunicado de imprensa

 

ler mais

RECENTES

ler mais