9 Jan, 2017

Governo estrangeiro suspeito de ataque informático a seguradora de saúde dos EUA

Um Governo estrangeiro é suspeito de um ataque informático à seguradora de saúde Anthem, que comprometeu os registos de mais de 78 milhões de consumidores, denunciaram fontes oficiais

Um Governo estrangeiro é suspeito de um ataque informático à seguradora de saúde Anthem, que comprometeu os registos de mais de 78 milhões de consumidores, denunciaram fontes oficiais, sem identificar os piratas ou o país em causa.

Números da segurança social, datas de nascimento e detalhes de emprego dos clientes foram consultados durante o ataque, reconheceram aquelas fontes.

Os peritos em cibersegurança avançaram que a informação pode ajudar um Governo estrangeiro a construir perfis de pessoas suscetíveis de serem espiadas.

“As informações tornaram-se um exercício de recolha de dados”, afirmou Avivah Litan, vice-presidente e analista de segurança na empresa Gartner Research.

O analista acrescentou que “o agente de informações em 2017 precisa de uma grande quantidade de dados para encontrar alvos e atingir aqueles em que está interessado”.

A Anthem, a segunda maior seguradora de saúde, concordou em investir 260 milhões de dólares (247 milhões de euros) na melhoria dos seus sistemas de informação, no contexto de um acordo de resolução de disputas com entidades reguladoras na maior parte dos Estados e territórios dos EUA.

A seguradora está licenciada em todos os 50 Estados e opera sob marcas como Blue Cross Blue Shield, Unicare, CareMore e Amerigroup.

Os investigadores da empresa de cibersegurança CrowdStrike identificaram os atacantes com uma “confiança elevada” e concluíram com uma “confiança média” que estavam a trabalhar para um governo estrangeiro, segundo um relatório divulgado pelo dirigente do Departamento californiano dos Seguros, Dave Jones.

ler mais

RECENTES

ler mais