21 Fev, 2017

França vai abater mais de 600 mil patos para travar gripe aviária

Le Foll justificou a medida porque o “vírus deslocou-se de este para oeste” na região de Landes (sudoeste), insistindo que tem como objetivo “estabilizar” a situação

O ministro francês da Agricultura, Stépanhe Le Foll, anunciou hoje que mais de 600 mil patos serão abatidos para travar a contaminação da gripe aviária.

Em declarações, o ministro acrecentou que pretende promover uma “ação de profilaxia” para que se possa retomar a produção sendo que o processo de abate se vai prolongar durante várias semanas.

A decisão governamental foi tomada de acordo com as solicitações dos produtores na sequência do plano de combate contra a doença declarada em França em novembro de 2016.

Le Foll recordou que ainda não existe uma vacina contra a gripe das aves.

Segundo o governo de Paris, a gripe atingiu o país através de aves migratórias. Até ao momento, já foram abatidos mais de três milhões de patos, correspondendo a 8% da produção nacional.

LUSA/SO

 

Msd - banner_final

ler mais

RECENTES

ler mais