9 Nov, 2016

Florida aprova uso de marijuana em tratamentos médicos

Os eleitores da Florida (EUA) aprovaram na terça-feira, em referendo, o uso da marijuana para fins medicinais no estado, com mais de 60% dos votos necessários, segundo dados oficiais

A alteração autoriza o uso da marijuana  doentes de sida, cancro, epilepsia e outras situações médicas e obteve 71,2% dos votos (mais de 6,4 milhões), informaram as autoridades eleitorais na Florida.

Os defensores da alteração, como Rob Hunt, presidente da empresa Teewinot Life Sciences, que trabalha na biossíntese de cannabis, qualificaram o resultado como “altamente importante”, porque vai beneficiar aqueles que “procuram um tratamento paliativo, que é um grande segmento da população envelhecida no estado”.

Depois dos resultados de hoje, o Departamento de Saúde da Florida tem até julho de 2017 para aprovar as normativas relacionadas com esta alteração. A partir de outubro começa o registo de produtores e dispensários, assim como a emissão de cartões de futuros pacientes.

Com estes resultados, a Florida torna-se o 26.º estado norte-americano a legalizar a marijuana, seja para uso recreativo ou medicinal.

Uma versão desta alteração ficou a dois pontos percentuais de ser aprovada num referendo em 2014 no estado da Florida.

Um ano depois, foi aprovado no mesmo estado o uso da marijuana para doentes terminais.

SO/LUSA

 

ler mais

RECENTES

ler mais