Este ano, o INEM encaminhou 444 casos de enfarte para a Via Verde Coronária

A Via Verde Coronária foi criada especificamente para melhorar a resposta em caso de Enfarte Agudo do Miocárdio (EAM).

No âmbito do Dia Mundial do Coração, que se assinala a 29 de setembro, o INEM alertou para a importância de ligar o número europeu de emergência (112) perante a suspeita de EAM e de transmitir a informação de forma clara.

Dos 444 casos de EAM registados pelo INEM desde o início do ano, e encaminhados para a Bia Verde Coronária, 100 ocorreram no distrito de Lisboa e 109 no distrito do Porto.

“Em 75,9% dos casos decorreu menos de duas horas entre a identificação dos sinais e sintomas e o encaminhamento da vítima para esta via verde, enquanto em 19,82% o processo foi efetuado entre as duas horas e as doze horas de evolução da sintomatologia. Os 4,28% restantes dizem respeito a situações com mais de doze horas de evolução”.

Alguns dos sinais que podem indicar um EAM são a dor no peito de início súbito, com o sem irradiação ao membro superior esquerdo, costas ou mandíbula, suores frios intensos, acompanhados de náuseas e vómitos.

O INEM reforça que o “reconhecimento precoce dos sinais do EAM é fundamental e deve motivar o contacto com o 112. Esta é a via preferencial, dados que reduz o intervalo9 de tempo até ao início da avaliação, diagnóstico, terapêutica e transporte para a unidade hospitalar mais adequada”.

 

LUSA/SO/SF

ler mais

RECENTES

ler mais