2 Jan, 2018

Centros de saúde no Oeste reforçam consultas devido à gripe

Os centros de saúde do Cadaval, Lourinhã, Mafra, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras vão reforçar as consultas a doentes com gripe a partir de 8 de janeiro.

Os cinco centros de saúde vão dar prioridade ao atendimento dos casos de gripe, aumentando o número de consultas do dia e reduzindo o número de consultas programadas.

“Desde o dia 26 de dezembro que aumentou a afluência às urgências hospitalares e está na hora de os cuidados primários alargarem os horários para que as pessoas não entupam as urgências”, disse em conferência de imprensa, em Torres Vedras, o diretor do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Sul, António Martins.

A partir de 8 de janeiro, alguns destes centros de saúde, no distrito de Lisboa, vão também alargar o horário de atendimento “até se justificar”.

No Cadaval, vai ser alargado o horário das 09:00 às 18:00 aos fins de semana e das 14:00 às 18:00 nos dias úteis.

Em Torres Vedras, o centro de saúde passa a encerrar durante a semana às 22:00, em vez das 20:00, e vai funcionar aos fins de semana entre as 08:00 e as 20:00.

Vai manter-se o atendimento durante as 24 horas do dia em Mafra, enquanto na Lourinhã e no Sobral de Monte Agraço o serviço decorrerá das 18:00 às 20:00 durante a semana e das 08:00 às 14:00 aos fins de semana.

O ACES Oeste Sul pede aos cidadãos para telefonarem primeiro para a linha Saúde 24 antes de serem atendidos num centro de saúde ou numa urgência, para saberem como proceder de forma mais correta.

No pico da gripe no inverno passado, no final de 2016 e início de 2017, 5% dos atendimentos nas urgências do Centro Hospitalar do Oeste foram motivados pela gripe.

O ACES Oeste Sul possui 201 mil utentes, dos quais 30 mil não têm médico de família.

LUSA/SO

ler mais

RECENTES

ler mais