14 Dez, 2017

Candidaturas abertas para 2.ª edição da Bolsa de Investigação em Mieloma Múltiplo

A bolsa, no valor de 15.000 euros, será atribuída a um projeto de investigação científica com duração de 1 ano. O prazo das candidaturas termina a 28 de fevereiro de 2018.

Com o objetivo de impulsionar a investigação científica e/ ou epidemiológica em Mieloma Múltiplo, a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL), a Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), e a Amgen Biofarmacêutica, Lda. abrem as candidaturas para a 2ª Edição da Bolsa de Investigação em Mieloma Múltiplo.

Dirigida a investigadores nacionais ou estrangeiros a desenvolver projetos em instituições portuguesas, a Bolsa de Investigação em Mieloma Múltiplo representa mais um importante passo na procura de conhecimento sobre esta doença hemato-oncológica rara, o diagnóstico, o tratamento a monitorização, o acompanhamento dos doentes, a epidemiologia, a qualidade de vida dos doentes e/ou o custo / carga da doença.

Em Portugal, estima-se que em cada ano surjam 539 novos casos de Mieloma Múltiplo, segundo dados publicados pelo Registo Oncológico Nacional em 2016. Tratando-se de uma doença rara, existe ainda uma necessidade de tratamentos mais efetivos e/ou mais seguros, que permitam aos doentes prevenir a progressão da doença e aumentar a sobrevivência geral e a qualidade de vida.

O Prof. Doutor Manuel Abecassis, Presidente da APCL defende que “O nosso objetivo passa por incentivar a investigação cientifica que possa ter aplicação na prática clínica. Ficámos muito satisfeitos com a qualidade dos trabalhos submetidos na edição anterior e estamos expectantes quanto a este ano.”

Para o Prof José Eduardo Guimarães, Presidente cessante da SPH, “A SPH junta-se com agrado, pelo segundo ano consecutivo, a estes parceiros para apoiar a investigação na área de mieloma múltiplo.”

Por sua vez, o Dr. Tiago Amieiro, Diretor-Geral da Amgen concorda que “A sobrevivência e a qualidade de vida dos doentes são os motores das iniciativas que são desenvolvidas em parceria e apoiadas pela Amgen. Para nós, é um imenso privilégio estar ao lado da APCL e da SPH impulsionando a investigação nacional na área do Mieloma Múltiplo.”

Os projetos submetidos irão ser avaliados por um júri idóneo, composto por peritos de reconhecido mérito em investigação científica e experiência profissional e/ou académica em hemato-oncologia em Portugal e/ou internacional, em particular no Mieloma Múltiplo, nomeado pela APCL e SPH.

Pode consultar aqui o regulamento da Bolsa de Investigação em Mieloma Múltiplo.

Comunicado/SO

 

ler mais

RECENTES

ler mais