1 Set, 2017

Candidatura do Porto a sede da Agência Europeia do Medicamento considerada “opção valiosa”

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, revelou que a Agência Europeia do Medicamento vê a candidatura do Porto como uma das opções valiosas

Fernando Araújo esteve presente na visita às instalações da EMA, em Londres, onde decorreram as reuniões com os responsáveis e profissionais da Agência Europeia do Medicamento, para darem a conhecer a candidatura portuguesa à relocalização da sede da EMA.

Sediada atualmente em Londres, a EMA será transferida para outro país na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia.

“Temos a noção clara de que a decisão é política, mas também temos a noção clara de que a informação da EMA e do seu ‘staff’ também será relevante para a decisão política”, afirmou o secretário de Estado, acrescentando que dos encontros ficou a ideia de que “o Porto constitui para a EMA uma das opções mais valiosas”.

Além do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, fizeram também parte da delegação portuguesa a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, e elementos da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) e da Câmara Municipal do Porto.

Ana Paula Zacarias revelou que houve oportunidade para esclarecer algumas dúvidas sobre questões como a habitação, a saúde e os empregos para os cônjuges dos funcionários da EMA durante a apresentação da candidatura. Apesar de saber que a decisão é política, frisou que também passa por uma negociação europeia.

“Uma decisão destas não vai ser tomada contra a vontade do ‘staff’ e os interesses da própria agência”, disse, adiantando que agora a Comissão Europeia elaborará uma lista de cada uma das candidaturas, seguindo-se um debate político.

LUSA/SO/SF

 

ler mais

RECENTES

ler mais