15 Dez, 2017

Baxter e fundação europeia juntas pelo apoio nutricional a bebés prematuros

O parto prematuro é uma das principais causas de morte em crianças com menos de 5 anos, causando mais de um milhão de mortes por ano.

A Baxter Portugal, líder na terapêutica nutricional parentérica, estabeleceu uma parceria com a Fundação Europeia para os Cuidados do Recém-Nascido (EFCNI) com o objetivo de aumentar a consciencialização sobre as necessidades clínicas dos recém-nascidos prematuros e promover o alargamento dos cuidados de nutrição pediátrica. A Baxter apoia a EFCNI no desenvolvimento de Recomendações que permitam melhor responder às necessidades nutricionais específicas dos bebés prematuros durante a sua permanência nas unidades de cuidados intensivos neonatais (UCIN) ou em casa, depois da alta.

Anualmente, nascem cerca de 15 milhões de bebés prematuros em todo o mundo, o que representa um em cada dez. O parto prematuro é uma das principais causas de morte em crianças com menos de 5 anos, provocando a morte a mais de um milhão de crianças por ano. As primeiras horas e dias de vida são decisivas e portanto são necessárias diretrizes consistentes e formação especializada para profissionais de saúde a nível europeu.

“Em Portugal, os números indicam que, anualmente, 8% dos recém-nascidos são prematuros e, na maior parte dos casos, requerem necessidades médicas especiais, incluindo cuidados nutricionais nos primeiros dias de vida”, refere Filipe Paias, Diretor Geral da Baxter Portugal. “Associamo-nos à EFCNI não só com o objetivo de aumentar a consciencialização para este tema, como para melhorar a prestação de cuidados de saúde, além de que mantemos o compromisso com a investigação para podermos continuar a apresentar soluções inovadoras que contribuem para o bem-estar destes bebés vulneráveis”, acrescenta.

Comunicado/SO

 

ler mais

RECENTES

ler mais