29 Mai, 2017

Acabar com o VIH/SIDA como ameaça de saúde pública até 2030

Para debater a temática das políticas públicas de saúde sobre o VIH, será realizada amanhã uma conferência que conta com a participação do alto representante do Programa das Nações Unidas sobre o VIH/SIDA, na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa

O Ciclo de Conferências “Há Saúde Pública na Católica” é organizado pela Coordenação Científica da área de Saúde Pública (CCSP) e pretende promover o debate em torno das políticas públicas de saúde.

Neste âmbito, o Instituto de Ciências da Saúde (ICS), da Universidade Católica Portuguesa, com a coordenação da área de Saúde Pública do ICS organiza, amanhã, a conferência “Acabar com o VIH/SIDA como ameaça de saúde pública até 2030”.

O objetivo é promover o debate sobre a temática das políticas públicas de saúde e, segundo o responsável pela área de Saúde Pública do ICS, Ricardo Baptista Leite, “o tema do VIH será abordado de forma prática e inovadora através de eixos de intervenção como a formação académica; investigação científica e intervenção operacional”.

O preletor será Luiz Loures, Vice-Diretor Executivo do Programa das Nações Unidas sobre o VIH/ SIDA (UNAIDS), um programa criado pela Organização das Nações Unidas para a criação de novas e melhores soluções para o tratamento e erradicação do VIH/SIDA.

A CCSP do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa tem por missão preservar, promover e melhorar a saúde e bem-estar das populações, comunidades e cidadãos individuais, numa abordagem humanista da saúde pública baseada no valor.

Para cumprir esta missão, a CCSP aborda de forma simultaneamente inovadora e prática as temáticas da saúde pública através dos seguintes eixos de intervenção: formação académica; investigação científica; intervenção operacional e outros serviços de consultadoria.

A conferência terá a duração de uma hora e meia, com início às 9 horas e término às 10h30.

Entrada livre, mediante inscrição.

Comunicado de Imprensa/SO/CS

ler mais