O papel fundamental dos Cuidadores na saúde de quem cuidam

Pedro Moura

Pedro Moura

Managing Director da Merck Portugal

Embracing Carers trata-se de uma plataforma e movimento global dedicado à capacitação dos cuidadores que procura ajudá-los a colocar maior foco na sua própria saúde e bem-estar que realizou pela primeira vez, com o apoio da Merck, uma análise da realidade e lacunas sentidas pelos cuidadores informais em Portugal.

Os resultados dizem-nos que 22% dos cuidadores exercem este papel para cuidar de filhos com necessidades especiais, seguindo-se os pais e sogros como o maior número de dependentes com 19% e por último surgem os avós com 14%.

Os dados do estudo também nos dizem que 64% das pessoas que necessitam de um cuidador pertencem a uma faixa etária mais jovem dos quais 28% são menores de 18 anos,um resultado que está em linha com os motivos identificados pelos participantes no estudo sobre os motivos pelos quais são cuidadores – 25% diz ser devido a uma deficiência física, 22% devido a condições neurológicas e de saúde mental e apenas 18% por necessidades associadas à idade.

Desta forma torna-se urgente atuar em várias frentes quer seja no envolvimento de diversos stakeholders, no aumento da sensibilização a nível global, na criação de políticas efetivas e no envolvimento entre os sistemas de cuidados de saúde. Mas como?

Através da ativação da comunidade digital para interligar a comunidade de cuidadores e aumentar a sensibilização do público, dos sistemas de saúde e de decisores políticos, ou pelo estabelecimento de melhores ligações entre os sistemas de saúde e as organizações de cuidadores e serviços de apoio.

Na Merck temos um propósito que nos une em qualquer parte do mundo e que nos move – As One For Patients – e que no fundo é a razão pela qual trabalhamos todos os dias na procura das melhores soluções para ajudar a criar, melhorar e prolongar a vida dos doentes em todo o mundo. É com este propósito que nos preocupamos em trazer para a ordem do dia o tema dos cuidadores, porque no final podemos dizer que só existem quatro tipos de pessoas no mundo: aqueles que já foram cuidadores, aqueles que são cuidadores, aqueles que vão ser cuidadores, e aqueles que vão precisar de cuidadores.

ler mais