Tendo por base a população americana, de acordo com este estudo a esperança media de vida é reduzida comparativamente a outros países desenvolvidos e as principais causas de morte são as doenças cardiovasculares e o cancro. Posto isto, os investigadores definiram cinco hábitos que, seguindo num todo, podem reduzir a mortalidade e prolongar os anos de vida:

1 – Não fumar;

2 – Manter um índice de massa corporal (IMC) entre 18.5 e 24.9 kg/m2

3 – Praticar exercício físico de forma moderada;

4 – Moderar o consumo de álcool;

5 – Seguir uma dieta saudável.

Estes são alguns dos comportamentos que, não cumprindo, constituem fatores de risco para as principais doenças mortais nos Estados Unidos. “São algumas das principais causas de morte prematura, por isso ao prevenir ou reduzir a incidência dessas doenças, promove-se a longevidade e aumenta-se a sobrevivência após o seu diagnóstico”, afirma o Dr. Meir Stampfer, professor de medicina na Harvard Medical School e professor de epidemiologia e nutrição na Harvard T.H. Chan School of Public Health, co-autor deste estudo, citado pelo CNN.

Saúde Online