“Aproveitamos este dia para sensibilizar as pessoas e os doentes a envolverem-se mais” refere Carlos Vasconcelos, internista e fundador da Unidade de Imunologia Clínica do CHP, citado em comunicado. Embora a evolução tenha sido grande nos últimos anos, o especialista considera que ainda há um grande desconhecimento. “O doente tem o direito, mas tem também o dever de estar bem informado e de ajudar o médico”, sublinha.

O Lúpus é uma doença autoimune, em que o sistema imune, que normalmente protege o nosso corpo, se vira contra si próprio e o ataca, provocando inflamação e alteração da função do sistema afetado.

É uma das doenças de interesse do Núcleo de Estudos de Doenças Autoimunes da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, que a descreve como uma doença sistémica, ou seja, capaz de afetar muitos órgãos e sistemas diferentes, sobretudo elementos do sexo feminino (é oito a dez vezes mais afetado) em idades férteis.

A palestra irá decorrer no Salão Nobre do Hospital de Santo António, no Porto, seguida por uma largada de balões no Palácio das Sereias (Casa Madalena de Canossa).

COMUNICADO/SO

 

ler mais