As Jornadas, presididas pelo Prof. Doutor Espregueira-Mendes e tendo como presidentes honorários os médicos Philippe Neyret (Presidente da Sociedade Mundial ISAKOS), Romain Seil (Presidente da Sociedade Europeia ESSKA), Niek van Dijk (cirurgião de Cristiano Ronaldo) e Rui Reis (Presidente dos 3Bs), contarão com a presença de vários convidados nacionais e estrangeiros, de diversas áreas como, traumatologia desportiva, ortopedia, imagiologia, tratamentos, entre muitas outras. Destaque também para a comparência de cerca de 500 inscritos de diversas universidades oriundas de vários pontos do mundo.

Em debate, nestas 4as Jornadas Saúde Atlântica, estarão diferentes temas, nomeadamente: “Prevenção, impacto societal e económico das lesões desportivas”; “Lesões do ligamento cruzado anterior no futebol”; “Reconstrução do ligamento cruzado anterior – Quais são as diferenças entre os enxertos e como decidir?”; “Imagiologia no futebol. Qual é a ajuda que podemos obter?”; “Lesões na pélvis e na anca relacionadas com o futebol”; “Lesões do músculo e tendão”; “Lesões cartilagíneas no jogador de futebol”; “Lesões meniscais no jogador de futebol”; “Mensagens que salvam vidas”; “Futebol feminino”; e “O futebol e a saúde”.

Durante este evento também decorrerão duas importantes mesas redondas: “Equipa técnica, árbitros, equipas médicas e comunicação social – Qual é o papel que têm na saúde dos jogadores?”, apresentada pelo jornalista Júlio Magalhães e com a participação de João Espregueira-Mendes (Clínica do Dragão e FC Porto), Rui Hortelão (jornalista), Paulo Beckert (médico da Federação Portuguesa de Futebol), Rodolfo Reis (treinador/comentador desportivo), Frederico Varandas (Médico do Sporting Clube de Portugal), Carlos Magalhães (médico do FC Porto) e Federico Santander (jogador profissional de futebol). E a mesa redonda “Gestão da carga desportiva e lesões – Os treinadores trabalham bem com a equipa médica?”, apresentada por Manuel Serrão.

“O principal objetivo deste evento é juntar vários especialistas em diversas áreas relacionadas com o tema das lesões no futebol e toda a sua importância e influência, tanto para o jogador, como para o clube, a equipa técnica e o departamento médico. O tema do futebol continua a ser um dos mais relevantes na área da traumatologia desportiva e na ortopedia. É por isso que procurámos ter nestas jornadas um painel diversificado de oradores para que possamos ir mais além da área desportiva ou médica e dar a conhecer outros aspetos desta área”, sublinha o presidente das jornadas, Prof. Doutor Espregueira-Mendes

Para mais informações sobre o evento consulte o site.

 

Comunicado/SO/SF